Pesquisar
Close this search box.

ESG na Indústria do Couro: Como Estamos Alinhados com os Objetivos Sustentáveis

ESG na Indústria do Couro

ESG na Indústria do Couro: Como estamos Alinhados com os Objetivos Sustentáveis

Aplicar os princípios ESG na indústria do couro significa alinhar-se às mais modernas tendências, em âmbito nacional e internacional, segundo as quais o desenvolvimento econômico deve acontecer em paralelo ao bem-estar social, reduzindo igualmente os impactos negativos ao meio ambiente.

Em sua essência, a produção de couro nasce com o objetivo de aproveitar algo cujo descarte inapropriado seria prejudicial à natureza e transformá-lo em produtos benéficos para a sociedade.

Na outra extremidade, temos o couro sendo reciclado e retornando à natureza, completando um círculo virtuoso.

Hoje, os consumidores estão muito mais conscientes não apenas dos seus direitos, mas da responsabilidade coletiva sobre a preservação da vida no planeta e cobram das empresas ações efetivas e não apenas declarações evasivas. A indústria do couro, com suas especificidades, deve buscar, de todas as formas, os recursos tecnológicos necessários para se transformar e responder a essas demandas.

Felizmente, existe um esforço global, capitaneado pela própria Organização das Nações Unidas – ONU – com princípios e objetivos claros para nortear as ações de governos, iniciativa privada e organizações da sociedade civil na construção de um futuro possível para todos.

Esse é o panorama geral no qual se insere o tema deste artigo – os princípios ESG na indústria do couro, como os empresários do setor buscam alinhar-se ao Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS e como se dá a certificação Leather Working GroupLWG Leather Manufacturer Audit Standard – a mais conceituada do setor, em nível mundial.

A Indústria do Couro, ESG, ODS e a certificação LWG

Em síntese, poderíamos afirmar que um curtume sustentável almeja conquistar resultados econômicos ao mesmo tempo em que oferece melhores condições de trabalho aos seus empregados, reduz o impacto ambiental negativo de suas atividades e, em relação à comunidade do seu entorno, busca não apenas respeitá-la, mas contribuir com o seu desenvolvimento.

Sem dúvida nenhuma essa é uma descrição ideal, mas não impossível. Para alcançá-la, as empresas em geral têm como norte os ODS e os princípios ESG.

ESG na indústria do couro é mais um exemplo do esforço feito por um setor produtivo em direção da preservação do meio ambiente, abrangendo igualmente relações sociais sustentáveis.

Os princípios ESG (da sigla em inglês Environmental, Social, Governance) abrangem os setores Ambiental, Social e Governança. Foram estabelecidos pela primeira vez em 2006 para dar ao mercado financeiro novas diretrizes, mais em conformidade com as necessidades do novo milênio.

Por sua vez, a ONU vinha desde o ano 2000, envidando esforços para envolver todos os países na busca por um futuro realmente sustentável. Assim, em setembro daquele ano, foram aprovadas as Metas de Desenvolvimento do Milênio – MDM.

Compreensivelmente, um trabalho de tal envergadura, exige acompanhamento e ajustes constantes. Dessa forma, em 2015, a própria ONU definiu 17 objetivos a serem atingidos até 2030. Trata-se de mais um esforço global na direção do cumprimento das metas estabelecidas no início do milênio. São os conhecidos ODS – Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável – incluídos na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Hoje, os princípios ESG e os ODS têm o mesmo propósito e, para promover e orientar a sua necessária implantação, existem as certificações. É o caso do LWG – Leather Working Group – cuja certificação para os fabricantes de couro segue padrões internacionais. Contribui, assim, para a construção das estratégias relacionadas à proteção do meio ambiente, a melhoria da saúde e da educação, a redução das desigualdades e o indispensável crescimento econômico.

Em outras palavras, trata-se de ESG na indústria do couro norteando planos, ações e estratégias do setor.

A Certificação LWG para a indústria do couro, segundo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Além de alicerçar toda a sua estrutura industrial nos princípios ESG, a Durlicouros está igualmente comprometida com o esforço global para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, coerente com a Agenda 2030.

Para afiançar sua conformidade às premissas internacionais do mercado do couro, a Durlicouros conquistou as certificações DNV ISO 9001 e Gold Rate da LWG – LWG Leather Manufacturer Audit Standard e está com a IATF 16949 em implantação.

Adequação da Durlicouros às exigências da certificação LWG: os princípios ESG para a indústria do couro

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 3, 6, 8, 12, 14, 15 e 17

Em síntese, a certificação LWG assegura a adequação da indústria do couro aos ODS, como segue:

Objetivo 3 – Boa saúde e bem-estar

Garantir que os fabricantes de couro estejam implementando sistemas de gerenciamento químico, que suas listas de substâncias químicas restritas sejam cumpridas, assim como os produtos químicos sejam descartados de maneira adequada para reduzir a poluição e a contaminação do ar, da água e do solo.

Objetivo 6 – Água potável e saneamento

Avaliar se os fabricantes de couro estão cumprindo as medidas sobre consumo e tratamento de água, com o devido descarte de águas residuais, a fim de aumentar a eficiência do uso da água e reduzir a poluição.

Objetivo 8 – Trabalho decente e crescimento econômico

Observar a promoção de ambientes de trabalho seguros e a garantia da proteção de todos os trabalhadores na cadeia de fornecimento do couro.

Objetivo 12 – Consumo e produção responsáveis

Encorajar o gerenciamento eficiente do uso de produtos químicos, água e energia para reduzir o impacto ambiental, reduzindo a poluição ou a contaminação do ar, da água e do solo.

Objetivo 14 – Vida na água

Avaliar se os fabricantes de couro se adequaram à Lista de Substâncias Restritas de Fabricação para couro. Monitorar o volume, a composição e a localização final do descarte das águas residuais, reduzindo a descarga de poluentes ou contaminantes nos ambientes marinhos.

Objetivo 15 – Vida terrestre

A LWG introduziu requisitos adicionais para melhor rastrear a cadeia de suprimentos de couro especificamente em regiões com risco de desmatamento.

Objetivo 17 – Parcerias e meios de implementação

O Leather Working Group é, em sua formação, uma colaboração de diferentes setores globais da indústria do couro – fabricantes, fornecedores de produtos químicos e equipamentos, varejistas, comerciantes e associações. Para tanto, colabora com outras organizações em questões relevantes para os objetivos do grupo e as necessidades de seus membros.

Os princípios ESG na indústria do couro e a Durlicouros

Referência na produção de couros no Brasil e em vários países do mundo, a Durlicouros alia pioneirismo, tradição e constante desenvolvimento tecnológico. Sua adesão aos princípios ESG acontece em todas as etapas da sua cadeia produtiva, tendo os ODS como parâmetro do seu compromisso global.

Ambiental

Com a finalidade de reduzir o impacto ambiental dos seus processos industriais, a Durlicouros fundamenta suas metas em três pilares, nos quais já conquistou importantes resultados.

     

      • Uso eficiente e responsável de água e energia

    Redução de 80% no volume de água utilizada nos processos industriais, sendo 35% através da reciclagem e 45% com a introdução de processos e equipamentos mais modernos;

    Aumento da eficiência energética dos equipamentos em 25%;

    25% de aumento na produção de couros com fulões multiação;

    30% de redução no consumo de energia no processo de tratamento de efluentes.

    Fulões na Durlicouros.

       

        •  Redução da Emissão de Gases

      Com o propósito de reduzir a emissão de CO2, um novo sistema de esteiras minimizou o consumo de diesel;

      Monitoramento e análise constantes das emissões de gases para efetuar reduções sempre que necessário.

         

          •  Redução de Resíduos e Tratamento de Efluentes

        Tratamento e destinação de 100% dos resíduos e efluentes;

        Gestão, auditoria e monitoramento dos processos com auditoria e certificação dos resultados;

        95% dos efluentes com cromo são reutilizados nos processos e operações;

        5% apenas são destinados ao ARIP – Aterro de Resíduos Industriais Perigosos – com licenciamento e inspeção dos órgãos ambientais.

        Tratamento dos efluentes na Durlicouros

        Social

        • Contando com 1.500 funcionários, a Durlicouros destina importantes investimentos em qualificação, pesquisa e inovação;

        ESG na indústria do couro

        • Cumpre todas as normas previstas pela legislação do trabalho;
        • Respeita os direitos de seus colaboradores;
        • Cuida da sua saúde.

        Em paralelo, a Durlicouros promove um estreito relacionamento com a população dos locais onde possui suas unidades, buscando meios para melhorar sua condição de vida;

        Incentiva o direito das crianças à educação, além de efetuar a doação de kits escolares;

        Apoia o Hospital Pequeno Príncipe, referência como único hospital exclusivamente pediátrico na América Latina, em especial no tratamento do câncer infantil.

        Governança

        Finalmente, completando os três princípios ESG, a Durlicouros pratica uma governança responsável, fundamentada em quatro pontos:

        1 – Transparência

        Seguramente, toda a gestão da Durlicouros é acompanhada por auditorias que comprovam e certificam seus processos;

        Concomitantemente, a empresa compromete-se com a responsabilidade sobre a origem de sua matéria-prima através do geomonitoramento e rastreabilidade completa e individual desde os indiretos;

        2 – Equidade

        Todos os setores envolvidos interna e externamente com as atividades da Durlicouros têm seus direitos e deveres garantidos.

        3 – Prestação de contas

        Seguindo o mesmo princípio da transparência, a Durlicouros toma suas decisões considerando seus impactos e busca atender aos mais rigorosos padrões de auditoria global no segmento.

        4 – Responsabilidade corporativa

        Os dirigentes da Durlicouros adotam uma postura proativa envolvendo o conjunto da empresa, respeitando o princípio de uma governança corporativa responsável, conscientes do seu papel na comunidade e do seu respeito para com o meio ambiente.

        ESG, ODS na Durlicouros: sustentabilidade em ação e processo contínuo de desenvolvimento

        Inegavelmente, a solidez da marca Durlicouros é produto do compromisso com a tradição artesanal na produção de couros e com a abertura para o desenvolvimento cada vez mais acelerado de novas tecnologias.

        ESG na Durlicouros

        Dessa forma, incorporar os princípios ESG e os ODS em sua dinâmica industrial e comercial é tarefa coerente com sua própria história na produção de couros da mais alta qualidade. Seus produtos wet blue, crust e acabado servem às indústrias automotiva, moveleira, de calçado e artefatos, com excelência e criatividade, seja no Brasil, nos EUA, Europa ou Ásia.

        Quem busca qualidade e exclusividade em couros, encontra na Durlicouros a satisfação de suas mais refinadas exigências.

        Veja mais em nossa página de Sustentabilidade.


        Fontes e referências utilizadas

        1 – https://www.leatherworkinggroup.com/our-impact/unsdgs/

        2 – https://isitleather.com/

        3 – https://www.one4leather.com/article/5-reasons-why-leather-car-interiors-are-the-sustainable-choice

        Compartilhe esse artigo:

        Facebook
        Twitter
        LinkedIn
        WhatsApp

        Durlicouros

        A empresa, com mais de 60 anos de história, é reconhecida por sua excelência e tradição na indústria de couro. Atua como fornecedor global de wet blue, crust e acabado de alta qualidade para os setores automotivo, de mobiliário e calçadista.

        + 55 (41) 3306-1300
        Durli Brasil Unidos pelo Sul

        A Durlicouros, com 63 anos de história, nasceu nas terras gaúchas e traz em seu coração os valores e a força do povo do Rio Grande do Sul.
        Diante das recentes enchentes, estamos unidos em um só propósito: ajudar!
        Além de suporte financeiro para áreas essenciais, as nossas unidades no Brasil são pontos de apoio para receber doações, e estamos empenhados em distribui-las nas áreas afetadas de forma rápida e segura.

        Juntos, vamos superar essa adversidade!