Pesquisar
Close this search box.

Diversidade Global dos Couros Durli

Diversidade Global dos Couros Durli

A diversidade global dos couros Durli é fonte da excelente qualidade dos produtos fornecidos para as indústrias automotiva, moveleira, calçadista e de artefatos, nos mercados brasileiro, europeu, latino-americano, estadunidense e asiático.

Inegavelmente, o desenvolvimento da pesquisa tecnológica e científica tem contribuído para o aprimoramento das técnicas e melhoramento genético, manejo e nutrição dos rebanhos em todo o mundo.

Em consequência, além da indústria da carne, o setor de couro, seu subproduto, tem muito a ganhar com esses avanços.

Por outro lado, as preocupações com a proteção do meio ambiente também favorecem o surgimento de novos produtos e processos de pré-curtimento, curtimento, recurtimento, bem como de modernos sistemas de monitoramento da origem do gado e de seus fornecedores diretos e indiretos.

Esse é o cenário no qual se insere a diversidade global dos couros Durli, associando tradição e inovação em todas as etapas de sua produção.

Para isso, a Durlicouros utiliza couros originários dos seguintes países e regiões do mundo:

      • Couro do Brasil;

      • Couro dos Estados Unidos;

      • Couro do México;

      • Couro do Norte-europeu;

      • Couro do Uruguai.

    Diversidade global dos couros Durli: O Couro Brasileiro

    Rebanho bovino - Origem dos Couros

    O Brasil tem o maior rebanho comercial do mundo, exporta mais de 2 bilhões de dólares ao ano para 80 países e emprega mais de 30 mil pessoas. O couro brasileiro tem status qualitativo e também quantitativo, uma vez que o país é um dos maiores produtores do mundo, com forte inserção nos segmentos moveleiro, calçadista e automotivo.

    Especificamente em relação ao setor de estofamentos automotivos, o couro brasileiro é mundialmente o mais vendido, seguido pelos couros norte-americanos.

    A Durlicouros produz o couro com origem brasileira, o qual se caracteriza por resistência, durabilidade e sustentabilidade. O couro brasileiro possui área média de 5 m2 e seu preço é bastante competitivo. Cerca de 90% dos couros brasileiros são provenientes das raças Nelore e Brahman com cupim e 10% de raças europeias Angus e Hereford, que são criados na região de Bagé e Livramento-RS. Cerca de 20% dos couros são flor integral (full grain) e 80% flor lixada (correct grain).

    Por todas essas razões, o couro brasileiro contribui de forma significativa para a diversidade global dos couros Durli.

    Diversidade global dos couros Durli: O Couro dos Estados Unidos

    Rebanho bovino - Origem

    A Durlicouros produz couros de origem norte-americana. Sem dúvida, provêm dos Estados Unidos os couros com melhor classificação de qualidade. O país oferece a maior quantidade de couro anualmente, proveniente das raças Angus e Hereford. A área média do couro norte-americano é de 4,6 m2, e o couro se apresenta na forma de couro integral (full grain).

    Seguramente, os couros norte-americanos fazem parte da diversidade global dos couros Durli.

    Os couros norte-americanos são multiúso, tanto para os mercados automotivo, moveleiro, quanto para calçados e artefatos.

    Diversidade global dos couros Durli: O Couro do Norte Europeu

    Hoje, parte da produção da Durli provém de couros do Norte da Europa.

    O couro europeu, em especial o couro do norte da Europa, é o melhor e mais nobre couro do mundo, oriundo das raças Simental, Charolês e Limousine. Tem o maior tamanho em área média, mundialmente reconhecida, com 5,8 m2 de área mínima. São couros de flor integral (full grain).

    O Couro do México: O emergente mercado de couro mexicano também compõe a diversidade global dos couros Durli

    A produção de couro no México remonta às antigas civilizações asteca e maia.

    Posteriormente, no século 16, os colonizadores europeus introduziram novas técnicas e novos materiais.

    Durante séculos os produtos de couro permaneceram como artigos altamente luxuosos. Os comerciantes e artesãos mexicanos desenvolveram técnicas especializadas para trabalhar as peles e seus produtos foram apreciados durante muito tempo, tanto no México quanto no exterior.

    No entanto, na década de 1970, por pressão de certos setores da sociedade, a indústria de couro natural sofreu uma queda considerável.

    Atualmente, a indústria do couro no México se reergue. Os designers e artesãos buscam novas formas de trabalhar com materiais sustentáveis e de forma ética.

    Além disso, o couro do México tem excelente custo-benefício, com uma amplitude de classes e usos – automotivo, moveleiro, calçados e artefatos – sendo as raças Nelore e Brahman as mais presentes, com e sem cupim.

    Em geral, os couros mexicanos são de flor integral (full grain) e flor lixada (correct grain) e possuem área média de 4,2 m2.

    Diversidade global dos couros Durli: O Couro no Uruguai

    Bandeira do Uruguai

    A Durlicouros também produz couros de origem uruguaia. O couro uruguaio provém de gados da raças europeias Angus e Hereford, com aprimoramento genético desenvolvido no país há mais de 30 anos. Os couros dessas raças não têm cupim. Sua área média é de 4.2 m2. Em torno de 50% da produção é destinada para flor integral e 50% para estucado-lixado (correct grain).

    O poro das peles uruguaias é mais fino, o que proporciona uma flor ideal para couros de acabamento mais natural. São especialmente desejados pela indústria de calçado e de bolsas de luxo.

    A diversidade global dos couros de acordo com seus países de origem e tipo de gado

    Diversidade Global dos Couros Durli

    A organização internacionalmente reconhecida Leather Naturally, publicou um material exaustivo intitulado Fabricação Moderna de Couro Vacum, ou seja, couro de origem bovina. Nele encontramos o seguinte gráfico:

     

    Tabela características de couros por país

     

    Couro Brasileiro

    Nelore

    Textura e Grão:

        • O couro Nelore tende a ter um grão grosso, devido à resistência da pele desses animais adaptados ao clima tropical.

        • A textura é menos uniforme, com uma superfície mais rugosa.

      Espessura:

          • Espessura média a grossa, conferindo alta durabilidade.

        Flexibilidade:

            • Menos flexível que couros de raças europeias, mas ainda adequado para uma variedade de aplicações.

           Cor e Acabamento:

              • Naturalmente de cor clara a média.

              • Pode ser tingido, mas frequentemente mantém uma aparência natural e rústica.

              • Espessura média, proporcionando um bom equilíbrio entre durabilidade e flexibilidade.

            Estados Unidos e Brasil

            Angus

            Textura e Grão:

                • Couro de grão fino, com textura suave e uniforme.

                • Muito valorizado pela sua maciez e qualidade estética.

              Espessura:

                  • Espessura média, oferecendo durabilidade sem comprometer a flexibilidade.

                Flexibilidade:

                    • Alta flexibilidade, ideal para roupas, acessórios de moda e produtos de alta qualidade.

                  Cor e Acabamento:

                      • Naturalmente de cor clara a média.

                      • Acabamento pode ser muito refinado, com um toque suave e aparência luxuosa.

                    Estado Unidos, México e Brasil

                    Hereford

                    Textura e Grão:

                        • Couro de grão médio a fino, com textura geralmente suave.

                        • Conhecido por sua resistência e qualidade uniforme.

                      Espessura:

                          • Espessura média, oferecendo um bom equilíbrio entre durabilidade e flexibilidade.

                        Flexibilidade:

                            • Moderadamente flexível, adequado para uma variedade de produtos de couro, incluindo móveis e acessórios.

                          Cor e Acabamento:

                              • Naturalmente de cor clara, facilmente tingido.

                              • Acabamento pode ser suave ou texturizado, dependendo do processo de curtimento.

                            Couro norte-europeu [H3]

                            Norte Europeu

                            Simental

                            Textura e Grão:

                                •  O couro Simental, proveniente da Suiça, tende a ter um grão médio a grosso, dependendo da idade e do manejo do animal.

                                • É conhecido por sua textura uniforme e durabilidade.

                              Espessura:

                                  • Geralmente, o couro é mais espesso e resistente, o que o torna adequado para produtos que requerem alta durabilidade, como estofados e artigos de couro pesado.

                                Flexibilidade:

                                    • Moderadamente flexível, não tão macio quanto couros de raças leiteiras, mas ainda útil para uma variedade de aplicações.

                                  Cor e Acabamento:

                                      • Naturalmente de cor clara, podendo ser facilmente tingido em uma variedade de cores.

                                      • Pode apresentar um acabamento suave ou texturizado, dependendo do processamento.

                                    Charolês

                                    Textura e Grão:

                                        • O couro Charolês, originário da França, possui um grão fino a médio, com uma textura suave e uniforme.

                                        • É valorizado pela sua aparência estética e toque suave.

                                      Espessura:

                                          • Tendem a ser menos espesso que o couro Simental, proporcionando uma boa combinação de durabilidade e flexibilidade.

                                        Flexibilidade:

                                            • Mais flexível do que o couro Simental, ideal para roupas, acessórios e itens que requerem um couro mais macio.

                                          Cor e Acabamento:

                                              • Naturalmente claro, permitindo uma fácil coloração.

                                              • O acabamento pode variar, mas frequentemente é suave e luxuoso.

                                            Limousine

                                            Textura e Grão:

                                                • O couro Limousine, também originário da França, tem um grão médio, com uma textura que pode variar de suave a levemente texturizada.

                                                • É conhecido pela sua qualidade superior e consistência.

                                              Espessura:

                                                  • Semelhante ao Charolês, mas pode variar dependendo da idade e do manejo dos animais.

                                                Flexibilidade:

                                                    • Moderadamente flexível, adequado para uma ampla gama de produtos de couro, incluindo vestuário e acessórios de moda.

                                                  Cor e Acabamento:

                                                      • Também de cor clara, o que facilita o tingimento.

                                                      • O acabamento é frequentemente de alta qualidade, com um toque suave e aparência estética refinada.

                                                    Durabilidade: Todas essas raças produzem couro durável, mas o Simental é geralmente o mais resistente devido à sua espessura.

                                                    Processamento: A qualidade do couro pode ser significativamente influenciada pelo processamento pós-abate, incluindo métodos de curtimento e acabamento.

                                                    Uso: Dependendo da flexibilidade e acabamento, esses couros podem ser usados em uma variedade de produtos, desde móveis e estofados (Simental) até roupas e acessórios de moda (Charolês e Limousine).

                                                    Uruguai

                                                    Angus

                                                    Textura e Grão:

                                                        • Grão: Fino a médio.

                                                        • Textura: Suave e uniforme, similar ao Angus dos Estados Unidos e Brasil.  

                                                      Qualidade estética: Muito valorizado por sua maciez e consistência.

                                                      Espessura:

                                                          • Média: Oferece uma boa combinação de durabilidade e flexibilidade.

                                                        Flexibilidade:

                                                            • Alta flexibilidade: Ideal para roupas, acessórios de moda e produtos de alta qualidade.

                                                            • Uso: Bastante utilizado em artigos que exigem um couro macio e flexível.

                                                          Cor e Acabamento:

                                                              • Cor natural: Clara a média, permitindo fácil coloração.

                                                              • Acabamento: Refinado, com um toque suave e aparência luxuosa, podendo variar conforme o método de curtimento.

                                                            Hereford

                                                            Textura e Grão:

                                                                • Grão: Médio a fino.

                                                                • Textura: Geralmente suave e uniforme, com resistência notável.

                                                                • Qualidade estética: Conhecido por sua qualidade uniforme e resistência.

                                                              Espessura:

                                                                  • Média: Oferece durabilidade sem sacrificar flexibilidade.

                                                                Flexibilidade:

                                                                    • Moderadamente flexível: Adequado para uma ampla gama de produtos de couro, incluindo móveis e acessórios.

                                                                    • Uso: Versátil, utilizado tanto para vestuário quanto para itens de maior durabilidade.

                                                                  Cor e Acabamento:

                                                                  Cor natural: Clara, facilmente tingida.

                                                                  Acabamento: Pode variar de suave a texturizado, dependendo do processamento.

                                                                  Considerações Regionais

                                                                  Clima: O clima temperado e as pastagens naturais do Uruguai contribuem para a qualidade do couro, proporcionando condições ideais para o crescimento saudável do gado.

                                                                  Manejo: O gado no Uruguai é frequentemente criado em sistemas de pastagem extensiva, o que pode influenciar a qualidade da pele.

                                                                  Essas características tornam o couro das raças Angus e Hereford no Uruguai altamente valorizado no mercado, sendo ideal para uma ampla gama de produtos que exigem tanto estética quanto durabilidade.

                                                                  Durlicouros: Qualidade sem Fronteiras

                                                                  Em suma, a ampla gama de tipos de gado, suas utilizações e seus países de origem colocam a Durli na vanguarda da produção de couro não apenas no Brasil.

                                                                  Sua qualidade sem fronteiras de couros produzidos em oito plantas no Brasil, uma no Paraguai e uma no México, reconhecida por certificações como a LWG e ISO 9001, abastece com segurança e excelência os setores moveleiro, automotivo, calçadista e de artefatos em todo o mundo.

                                                                  Entre em contato conosco e leve toda a diversidade global dos couros Durli para a sua empresa!


                                                                  Fontes e referências utilizadas:

                                                                  1 – https://blog.agromove.com.br/gado-de-corte/

                                                                  2 – http://www.euroleather.com/socialreporting/ESERFrench.pdf

                                                                  3 – https://cicb.org.br/cicb/sobre-couro

                                                                  4 – https://www.leathernaturally.org/wp-content/uploads/2023/02/Fabricacao-Moderna-de-Couro-Vacum-V1-1.pdf

                                                                  Compartilhe esse artigo:

                                                                  Facebook
                                                                  Twitter
                                                                  LinkedIn
                                                                  WhatsApp

                                                                  Durlicouros

                                                                  A empresa, com mais de 60 anos de história, é reconhecida por sua excelência e tradição na indústria de couro. Atua como fornecedor global de wet blue, crust e acabado de alta qualidade para os setores automotivo, de mobiliário e calçadista.

                                                                  + 55 (41) 3306-1300