Pesquisar
Close this search box.

Couro e Redução da Poluição Marinha

dia mundial oceanos durli couros

O dia 08 de Junho é celebrado como o Dia Mundial dos Oceanos e nós da Durlicouros dedicamos esse dia à reflexão sobre a relação entre couro e redução da poluição marinha.

Aparentemente não haveria relação entre ambos. Afinal, o couro é, por sua própria natureza, um material sustentável, reciclável e biodegradável.

Além disso, a moderna indústria do couro transforma-se a cada dia, tornando toda a cadeia produtiva mais sustentável, desde o monitoramento da matéria-prima, passando pelo desenvolvimento de produtos e processos eco-friendly, economizando água, energia e tratando os resíduos e efluentes.

Especificamente em relação aos efluentes, eles devem ser 100% tratados de maneira a serem adequadamente descartados nos cursos d’água. Esses, em sua maioria, desembocarão nos oceanos.

Em outras palavras, a indústria do couro busca “refinar ainda mais suas práticas para se tornar ambientalmente amigável e economicamente viável.”

No entanto, este artigo pretende aprofundar um pouco mais a relação entre couro e redução da poluição marinha.

Couro e redução da poluição marinha: a importância fundamental do couro natural frente a falácia das imitações de couro

world oceans day Durli Leathers

A fim de refletirmos sobre couro e redução da poluição marinha, citemos o artigo Couro natural ou imitação de couro para móveis: Durabilidade, Conforto e Meio Ambiente em Questão traz uma comparação bastante elucidativa entre couro natural e imitação de couro.

Entre as mais evidentes, temos:

Couro natural → durabilidade, biodegradabilidade, possibilidade de reparação, reutilização e é parte da economia circular;

Imitação de couro → não é renovável muito menos biodegradável, demorando centenas de anos para começar a se decompor na natureza.

Entretanto, a principal questão a ser abordada, sobretudo no Dia Mundial dos Oceanos, é o fato de as imitações de couro conterem plásticos PU ou PVC, envolvendo em sua produção outros produtos químicos nocivos aos trabalhadores e ao meio ambiente.

Imitações de couro e os riscos para a poluição marinha

Ainda mais grave, as opções sintéticas, produzidas a partir de produtos petroquímicos, sobretudo plásticos, contribuem de forma acelerada para a poluição dos oceanos.

O artigo Os microplásticos representam risco para o plâncton do oceano, o clima, outros sistemas-chave da Terra, divulgado pela organização sem fins lucrativos Mongabay, afirma que “358 trilhões de partículas de microplástico no oceano ameaçam a vida marinha, desde grandes filtradores até pequenos plânctons. Embora não sejam letais a curto prazo, os impactos a longo prazo dos microplásticos no plâncton e nos micróbios marinhos podem perturbar sistemas chave da Terra, como o armazenamento de carbono nos oceanos e o ciclo do nitrogênio”.

Esses números são ainda maiores nas regiões mais profundas.

Por outro lado, os microplásticos são facilmente ingeridos pela fauna marinha, desde grandes animais filtradores até organismos minúsculos no fundo da cadeia alimentar, como o fitoplâncton e o zooplâncton.

Estima-se que atualmente 12 milhões de toneladas métricas de plástico são despejadas no oceano a cada ano. Esse lixo plástico se desintegra gradualmente em fragmentos cada vez menores – os micro e nanoplásticos citados.

Embora menos visíveis, eles têm efeitos graves nos escossistemas marinhos e representam uma ameaça à estabilidade do clima da Terra.

Uma outra perigosa consequência dessa poluição é a acidificação dos oceanos.

Conforme o Portal Tratamento de Água, “uma nova investigação afirma que o próprio plâncton está diretamente ligado à criação de nanoplásticos perigosos que podem ser espalhados pelas águas do mundo”.

Portanto, mais do que nunca é necessário realçar a importante relação entre couro e redução da poluição marinha.

Somente o couro natural pode contribuir para a preservação da vida nos oceanos e, por extensão, de todo o planeta.

A poluição marinha em números

O artigo O couro é essencial para a economia circular: os 13 motivos”, citando um artigo do SEBRAE-SP, traduz em números a preocupante realidade dos nossos oceanos. Vejamos alguns:
  • Até 2050 haverá mais plásticos nos oceanos do que peixes;
  • O plástico é responsável pela morte de 100 mil animais marinhos a cada ano;
  • 91% do plástico utilizado no mundo não é reciclável.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o couro e a redução da poluição marinha

De acordo com o que vimos até agora, nossos oceanos estão ameaçados. Enfrentar o desafio de reverter esse quadro requer um esforço de dimensões internacionais.

Tal é o empenho da própria Organização das Nações Unidas – ONU – através da elaboração dos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A entidade de relevância mundial Leather Working Group – LWG – que certifica as indústrias do couro segundo suas ações relacionadas à sustentabilidade, reuniu em um só documento os ODS que abordam as mudanças climáticas, protegem nosso ambiente natural, melhoram a saúde e a educação, reduzem a desigualdade e estimulam o crescimento econômico.

A seguir, vejamos quais são os ODS relacionados à água e como os fabricantes de couro podem contribuir para a diminuição da poluição marinha e receberem sua certificação LWG:

Objetivo 6 – Água limpa e saneamento

O LWG avalia os fabricantes de couro sobre o consumo e tratamento de água e descarte de águas residuais, com o objetivo de aumentar a eficiência do uso da água e reduzir a poluição.

Objetivo 14: Vida na água

A certificação LWG avalia os fabricantes de couro quanto ao uso de produtos químicos perigosos e endossa a Lista de Substâncias Restritas na Manufatura (MRSL) do ZDHC para couro. Também monitora o volume, a composição e o local de descarte final do efluente de uma instalação, reduzindo, assim, o descarte de substâncias potencialmente poluidoras ou contaminantes nos ambientes marinhos.

Como a Durli se posiciona frente à produção de couro e à redução da poluição marinha

Incansavelmente, o corpo diretivo da Durli tem se dedicado a colocar em prática métodos de produção de couro, bem como à adoção de produtos para curtimento cada vez mais ecológicos e sustentáveis.

Suas certificações LWB Gold e ISO 9001 são o reconhecimento dessa dedicação, contribuindo, assim, para o progresso da indústria do couro no Brasil, Paraguai, México e no mundo.

Neste Dia Mundial dos Oceanos, é imperativo refletirmos sobre o binômio couro e redução da poluição marinha.

Evidentemente os microplásticos são um desafio significativo, mas também representam uma oportunidade para a indústria do couro reafirmar seu compromisso com a sustentabilidade.

Sem dúvida, é possível alinhar negócios prósperos com a proteção ambiental.

Ao escolher couro natural, as empresas podem reduzir a demanda por materiais sintéticos prejudiciais e promover um ciclo de produção mais responsável.

Entre em contato com a Durli para, juntos, podermos celebrar o Dia Mundial dos Oceanos com a consciência de que estamos contribuindo para um planeta seguro e sustentável!

 

Fontes e referências utilizadas:

1 – https://isitleather.com/blog/sustainability-leather-tanning-industry-progress-potential/

2 – https://www.sp.senac.br/blog/artigo/plastico-no-meio-ambiente

3 – https://news.mongabay.com/2023/10/microplastics-pose-risk-to-ocean-plankton-climate-other-key-earth-systems/

4 – https://www.leatherworkinggroup.com/our-impact/unsdgs/

5 – https://durlicouros.com.br/

Compartilhe esse artigo:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Durlicouros

A empresa, com mais de 60 anos de história, é reconhecida por sua excelência e tradição na indústria de couro. Atua como fornecedor global de wet blue, crust e acabado de alta qualidade para os setores automotivo, de mobiliário e calçadista.

+ 55 (41) 3306-1300
Durli Brasil Unidos pelo Sul

A Durlicouros, com 63 anos de história, nasceu nas terras gaúchas e traz em seu coração os valores e a força do povo do Rio Grande do Sul.
Diante das recentes enchentes, estamos unidos em um só propósito: ajudar!
Além de suporte financeiro para áreas essenciais, as nossas unidades no Brasil são pontos de apoio para receber doações, e estamos empenhados em distribui-las nas áreas afetadas de forma rápida e segura.

Juntos, vamos superar essa adversidade!